28 de October de 2021

Publicidade

Oficinas “Proteção à Infância no Turismo” acontecem no Extremo Sul da Bahia

O Instituto Tribos Jovens – ITJ em parceria com as Secretarias Municipais de Turismo, dará início à realização das oficinas “Proteção à Infância no Turismo” em Belmonte, Eunápolis, Porto Seguro, Prado e Santa Cruz Cabrália. A primeira oficina acontecerá no dia 30 de março no SENAC de Porto Seguro, às 17:30h. Participarão dos encontros profissionais de hotéis e pousadas, restaurantes, bares e barracas de praia, guias e agências de viagens e do transporte, incluindo taxistas, rodoviário, fluvial, além de atores do Sistema de Garantia de Direitos. As oficinas também acontecerão em Arraial d’Ajuda (31/03 às 19h00) e em Trancoso (01/04 às 18h00); até o dia 15 de abril elas ocorrerão simultaneamente nos demais municípios.

Trata-se de uma ação  do projeto Fortalecendo Redes de Proteção, executado pelo Instituto Tribos Jovens, financiado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR, Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, que conta com apoio de diversas instituições da Rede de Proteção e Trade Turístico. O objetivo é criar um Manual de Boas Práticas sobre a Proteção à Infância no Turismo frente à exploração sexual de crianças e adolescentes, contribuindo para o fortalecimento das redes de proteção.

Adesivo_MinTurismo_210x100

Esta ação de Proteção à Infância no Turismo foi iniciada na região em maio de 2014, em um seminário realizado em Porto Seguro, antecedendo a Copa do Mundo. Nesta ocasião mais de 17 instituições ao Termo de Compromisso de Conduta Ética para o Turismo contra a Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes no Estado da Bahia. Em 2015, foi iniciada a campanha “Proteger esta em suas mãos. Disque 100, denuncie. Procure o conselho tutelar da sua cidade”, com a veiculação de outdoors, camisetas, faixas e placas. O objetivo é fornecer informações para a população, sensibilizar e mobilizar o Trade Turístico para estar alerta, vigilante e saber como agir diante da exploração sexual. Identificar, atuar preventivamente e enfrentar a violência praticada na infância.

CONHEÇA A REDE QUE INTEGRA O PROGRAMA TERRITÓRIO DE PROTEÇÃO

O projeto Fortalecendo Redes de Proteção integra o Programa Território de Proteção, um conjunto de parcerias estratégicas que tem o objetivo de promover, proteger e defender os direitos humanos de crianças e adolescentes, fortalecendo as políticas públicas existentes.  Desde a idealização e criação em 2006, o Programa conta com a parceria da Veracel, UNICEF, Prefeituras Municipais, Governo da Bahia, FIMPAT e FUNAI. Ao longo de quase 10 anos tem agregado instituições públicas e privadas na Rede de Apoio, como Ministério Público, Childhood Brasil, Stora Enso, Serviço Nacional de Aprendizagem comercial – SENAC, Policia Militar e Civil, Associação Brasileira das Indústrias de Hotéis – ABIH, Convention Bureau, Associação dos Comerciantes, Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Extremo Sul da Bahia – SINDHESUL, Conselho Municipal de Turismo de Porto Seguro, entre outras associações turísticas, universidades como a UFSB, UNEB e UFBA, e as Câmaras Municipais de Vereadores.

DADOS: De acordo com informações fornecidas pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da república, em números absolutos, a Bahia ocupa o quarto lugar do ranking de Estados que concentraram os maiores quantitativos de denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes. Além de que, a violência sexual é o quarto tipo de violação mais recorrente entre os casos de denúncia do disque 100.

PREVENCÃO:  O canal de denúncia Disque 100, funciona diariamente, 24 horas, e a ligação é gratuita. As denúncias podem ser anônimas e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado pelo demandante.

PROCURE O CONSELHO TUTELAR DA SUA CIDADE

Belmonte (73 3287-2023/Barrolândia – 73 9 9962.0673), Eunápolis (73 3281.6813/Plantão – 9 9933.5756), Porto Seguro (73 3268.1235/Baianão – 3268.4557), Prado (73 3021.1170/9 9965.8946 – Plantão), Santa Cruz Cabrália (32828.1283/Plantão – 9 9918.6791).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*