28 de October de 2021

Publicidade

Maré Vermelha pode ser causa de 126 intoxicações em Porto Seguro

marevemelha2

Em um intervalo de 13 horas, 126 pessoas foram atendidas no Hospital Municipal do Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, com sintomas de intoxicação como irritação na pele, dificuldade para respirar, secura nos olhos, vômito e diarreia. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, a suspeita é de que as situações estejam relacionadas a um fenômeno conhecido como Maré Vermelha, que é caracterizado pelo excesso de algas no mar. A Secretaria informou que as algas liberam substâncias que podem contaminar animais aquáticos e intoxicar pessoas que se alimentem deles.

Upa Baianão - Maré Vermelha.
Upa Baianão – Maré Vermelha.

Os atendimentos foram registrados das 17h de segunda-feira (28) até as 11h desta terça-feira (29). Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde disse que os pacientes que chegaram ao hospital municipal são atendidos pelas equipes de saúde e recebem uma medicação necessária para controle dos sintomas, que não apresentam complicações graves à saúde. O tratamento é sintomático e envolve hidratação oral ou venosa, possibilitando alívio das dores abdominais.

Conforme nota, também são sintomas relacionados à Maré Vermelha enjoos, dores de estômago, tremores, além de ardor nos olhos e tosse, por conta da exposição às toxinas que podem ser levadas pelo ar por meio dos respingos das ondas e do vento.
O fenômeno é chamado de Maré Vermelha devido à mudança de coloração das águas do mar com a presença das algas. A situação pode ocorrer devido a variações de temperatura e intensidade salina, como também por meio processos de poluição.

marevelha1

Fonte: ASCON Porto Seguro/G1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*