24 de November de 2020

Quadrilha presa em aeroporto transportava R$ 760 mil, diz polícia

 

Os seis homens presos no Aeroporto Internacional de Porto Seguro, na tarde de domingo (1°), transportavam mais de R$ 760 mil. O dinheiro, que estava dividido em notas de R$ 2 a R$ 100, estava escondido em malas. 

De acordo com a polícia, o grupo foi abordado quando tentava embarcar para o estado de São Paulo. Eles são suspeitos de arrombar uma agência do Banco do Brasil em Teixeira de Freitas, na madrugada de sábado (30).

“A Polícia Federal descobriu que seis elementos oriundos da região sudeste, São Paulo e Santa Catarina, compraram passagens aéreas à vista e iam viajar para São Paulo. Suspeitamos dessa situação, fizemos um serviço de inteligência a respeito e descobrimos que esses elementos tinham passagem pela polícia. Após verificar esses antecedentes criminais, resolvemos aprofundar a investigação”, disse Carlos Cristiano Tenório, delegado da PF.

No dia do crime, a quadrilha conseguiu desarmar o sistema de alarme da agência e entrar por um buraco na parede dos fundos. Após o furto, os suspeitos passaram a ser monitorados pelas forças estadual e federal de segurança.

Todos os presos foram encaminhados para a delegacia de Teixeira de Freitas, onde foi instaurado o inquérito. Eles foram transferidos para o presídio local na tarde desta segunda-feira (02).

A operação foi realizada pela Polícia Federal, com apoio de policiais militares do 8º Batalhão e da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Cipe).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*